Dia Mundial [...] Contra a SIDA




[...] e porque a luta de ontem é a luta de hoje, de amanhã e de todos os dias, não deixaremos esquecer a presença constante da luta pela causa que aqui abraçamos, sempre [...]




29 comentários:

Fatyly disse...

Muito se tem progredido mas ainda há muito para descobrir a nível da ciência e muito a fazer no campo da prevenção e discriminação.
Dia mundial de...
Para mim estes dias "mundiais de.." só servem para que muitos, pelo menos UM DIA DO ANO parem, escutem, olhem e pensem que há tanto que fazer em prol do seu semelhante.

Um abraço sincero e verdadeiro a todos que foram apanhados por esse "desgramado".

Beijos

f@ disse...

Laços e abraços... sempre

Beijinhos das nuvens

bisturi disse...

Como sempre o meu blog associa-se a campanha solidárias e esta nunca poderia estar esquecida...até por razões profissionais...

Odele Souza disse...

Paulo,

Estou com o tema das enchentes em Santa Catarina nos meus dois blogs. O Brasil está num verdadeiro mutirão para ajudar as vítimas.

Estou colocando no sidebar, um link para este post.

Fique com o meu abraço e o meu carinho.

Brancamar disse...

Olá Paulo,

Deixo aqui o meu abraço solidário a todos os que vivem com esta doença e que este dia sirva para que todos aprendam a dar um passo em frente na compreensão e na busca científica e humana para a resolução destes problemas.
Beijinhos para ti e para o Raul.
Branca

Brancamar disse...

E porque mais vale tarde que nunca, volto para me associar no meu espaço a esta luta, cujo alerta manterei pela semana adiante, sendo que a pertinência desta chamada de atenção é de todos os dias.
Desejo-vos tudo de bom.
Sempre vossa,
Branca

Paulo disse...

Fatyly

Agradeço a solidariedade com que nos envolves sempre, na certeza esperançada de que um dia este "desgramado" esteja ao alcance do extermínio rápido e eficaz.

Uma não, muitas beijocas!

Paulo disse...

F@

Para ti também, sempre!

Pela fidelização com que nos envolves em permanência!

Beijo Sal Picado nas Nuvens!

Paulo disse...

Bisturi

Obrigado pelo abraço que nos estende, em sinónimo de solidariedade total.

Um abraço!

Paulo disse...

Odele

Retribuimos o abraço com total carinho e agradecemos a corrida em defesa desta causa, que abarca desde sempre!

Um beijinho para Si e outro do tamanho do Mundo para Flávia!

Paulo disse...

Branca

Não tenho palavras que possam agradecer a amabilidade com que aderes à causa da SIDA!


Recomendo o teu espaço, imperativo à visita obrigatória:



http://brancamar.blogspot.com/



E está tudo dito, escrito e sentido, por ti e por nós!

Um beijo de amizade total

elvira carvalho disse...

Seria bom que não houvesse um dia de luta contra a Sida, porque todos os dias devem ser de luta, de prevenção, e de estudo para descobrir novos fármacos.
Um abraço e desejos de uma boa semana, já que o feriado está a acabar

Paulo disse...

Elvira

Todos os dias sim, sempre!

A SIDA não pode ser combatida emblematicamente!

O combate é no terreno, onde os guerreiros são a população em geral, os infectados e os afectados.

Porque o mundo não pode sucumbir a este flagelo!

Porque o conhecimento é dinâmico.

Um abraço e um excelente re.começo de semana!

(Não apetece... amanhã... mas tem de ser)

M. disse...

É todos os dias. A qualquer hora. Em qualquer lugar. É onde fico. Onde estendo a mão. Onde abraço. Onde enlaço.

Abraço, todos os dias.

Paulo disse...

M.

Fica!

Permanece!

Todos os dias!

Assisto agora na plateia, neste espaço onde há espaço para todos.

E navego sem amarras obrigatórias.

Levo.

As in.transponíveis.

[Na esperança da efemeridade]

Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

Paulo
Que este dia não passe em vão. Que o nosso grito se oiça e os alertas sejam considerados.
Que a esperança não morra em nenhum dos infectados. Que a cura venha e que, enquanto se espera, se caminhe solidariamente.

P.S. Publiquei também no Sol Poente um pequeno texto a assinalar este dia.

Abraço

Paulo disse...

Lídia

Que assim seja!

Porque gente só é certamente, toda a gente que clama assim.

Sigo__________________________________________

Ao Poente onde Sol se pôe!

Um abraço apertado.

lisse disse...

No Sidadania todos os dias são dias e eu sempre aqui venho e sempre fico.
Tenho que confessar que não foi o tema "Sida", a que eu nunca dei a devida importância, que me cativou e reteve neste lugar.O que me encantou foi o calor humano, o amor, a amizade, a partilha - entrega coração a coração, num amparo atento e total.
Quero deixar, neste dia, o meu agradecimento ao Raul e ao Paulo, pelo afecto contagiante que os une e que acaba por se estender a cada um de nós. E quero dizer, que enquanto esse elo se mantiver indestrutível, saberemos que o mundo é um lugar que se pode Recontruir.

(Para ti M., a minha admiração, o meu respeito, o meu afecto.)

Paulo e Raul, a admiração e o abraço de todos os dias

mariam disse...

Paulo,
ligeiramente atrasadita na confraternização do dia!, mas isso não é importante, todos-os-dias o são!
Obrigada por existirem e por dinamizarem, num clima de coerência e sensibilidade este espaço, que acaba por ser de todos!

boa semana, para si e restante equipa,
um abraço, extensivo ao Raul (espero que esteja melhor)
e um sorriso :)

mariam

ManDrag disse...

Salve! Paulo e todos

Me lembro dos meus irmãos africanos, que morrem aos milhões pela ganância da industria farmacêutica que insiste em manter o preço da medicação altíssimo, apenas para satisfazer a sua ganância empresarial.

Me lembro dos milhões que por esse mundo fora morrem pela hipocrisia dos governantes dos seus países em não quererem assumir a SIDA como um caso de saúde nacional.

Me lembro do abismo que separa as condições de vida desses desamparados, com as daqueles que vivem em países onde já podem dizer que a SIDA passou de uma "condenação à morte" a uma doença crónica.

O longo caminho a percorrer não é tanto o da erradicação total da doença, mas o da atribuição a TODOS de iguais facilidades de acesso a tratamento e assistência.

O meu abraço de Amor e Solidariedade.

Salutas!

São disse...

Excelente alerta!

Boa semana.

sideny disse...

Havia de haver varios dias
1 de dezembro.
Já não digo todos os dias, va´la
todas as semanas.
para as pessoas não se esquecerem.
beijocas

Paulo disse...

Lisse

Sempre sentimos a tua presença no que referes encantar-te aqui, como o calor humano, o amor, a amizade, a partilha, a entrega coração a coração, num amparo atento e total.

E porque és parte integrante do amparo que fomentamos a cada dia que passa, porque sustentas no silêncio com que nos dizes tudo, só nos cumpre A.G.R.A.D.E.C.E.R.[-TE]

O
b
r
i
g
a
d
o

L
i
s
s
E
______________________muito!

Paulo disse...

mariam

Porque todos os dias nos abraça, no pensamento que tem em nós.

Somos Gratos. Sempre Gratos.

E retribuimos a amizade que nos dedica no espaço e no tempo.

O Raul recupera ao ritmo possível!

Boa semana!

Um abraço e um sorriso também.

Paulo disse...

ManDrag

Me lembro de ti nos momentos em que lembras o que na Alma te faz doer!

Me lembro da singularidade e eloquência com que olhas a vida e superas ajudando a superar!

Me lembro da bondade com que estendes os braços e tocas no coração de quem, fragilizado, tenta levantar-se e prosseguir o caminho!

Abraço[-TE] ManDrag na lembrança com que te lembro.

Paulo disse...

São

Alertar é estar a caminho.

É prevenir ou remediar se for caso disso.

É evitar, sempre evitar, alertando para o perigo de um virús até agora invencível.

Um beijinho

Paulo disse...

Sideny

És sempre assim: TRANSPARENTE.

Já que não se pode ter tudo, que se tenha o que se puder ter!

Porque há muito que sabes o sentido da dor, do corpo para dentro, aguentando tudo sózinha, ou quase sózinha, com uma força respeitável.

Por isso, és especial.

E... muito valente.

Beijoca gôdíssima!

sideny disse...

Pronto, eu exagerei, todas as semanas não.
mas sim todos os meses.

Lisa disse...

Olá,
Cheguei aqui pela mão da amiga Branca.

É pena, em pleno século XXI, ainda encontrarmos tanta descriminação para com os portadores do vírus HIV.

Trabalho num informativo, na Seg. Social, e no mês passado atendi um utente que era seropositivo desde 1996. Estivemos a falar bastante tempo (para mim atender bem, não é sinónimo de atender rápido) e no fim, despediu-se com um aperto de mão, olhos rasos de lágrimas e muita gratidão espelhada no rosto.
Eu não fiz mais que a minha obrigação como cidadã.
Fiquei feliz por sentir que aquele utente estava mais feliz depois de conversarmos.

Que o dia/semana de luta contra o vírus HIV, seja todos os dias.
Que as medidas de prevensão estejam sempre presentes nas nossas acções.

Abraço para todos.

Lisa