Velhos e vulnerabilidades face ao VIH/SIDA

A sexualidade no envelhecimento e a vulnerabilidade face ao VIH/Sida

Considero que existem 2 grupos de factores de risco no idoso, face às doenças sexualmente transmissíveis.
Por um lado, a vulnerabilidade biológica. O risco de infecção é maior na mulher pois, é maior a área de mucosa exposta às secreções do parceiro. A escassez de secreções vaginais resulta numa barreira menos protectora contra o VIH e são mais susceptíveis a lacerações da mucosa vaginal.
Por outro lado, os factores sócio-culturais assumem grande importância: estamos a falar de uma geração que não está habituada a fazer prevenção; existe uma falta de informação e de consciência real sobre as doenças sexualmente transmissíveis; encontramos uma série de crenças disfuncionais face ao uso do preservativo; têm maior resistência ao uso do preservativo; e há uma ênfase no coito genital.
Assim, ambos os géneros apresentam factores de risco mais específicos. No homem, para além da resistência ao uso do preservativo, possíveis dificuldades na erecção dificultam a sua colocação. Ao mesmo tempo, a existência de novos fármacos permitem o aumento de actividade sexual em contexto ocasional. Na mulher, pode haver dificuldade em insistir no uso do preservativo se isso implica contrariar o parceiro. A mulher poderá ter um comportamento mais passivo ou submisso, gerador de um sentimento de falta de poder e de incapacidade para assumir o control.

Ana Alexandra Carvalheira
Psicóloga clínica e sexologista
ana.carvalheira@ispa.pt

15 comentários:

SIDADANIA disse...

O meu obrigado, a todos os que comentaram o texto anterior.
Obrigado a todos os que se preocuparam com o meu estado de saúde e espero em breve estar de volta e poder escrever novos textos para o Sidadania.
Espero, a colaboração prometida por alguns amigos, com textos afim de manter o Blog em marcha.
Projecto o melhor, espero o pior, mas aceito de ânimo igual aquilo que o destino me tiver reservado.
Um Abraço e obrigado pela vossa amizade.
Raul RU2X

C.Coelho disse...

Raul
Tu és a alma do Sidadania e um amigo de eleição. Por isso trata de te pôr em condições de trabalhar. Confesso que estava preocupada contigo.

Este texto é mais um alerta degrande pertinência na medida em que têm aumentado o número de casos de idosos com HIV.

Beijão

Fatyly disse...

Mais um texto acessível e seria bom que muitos jovens o lessem. Parabéns!


Raul
"Projecto o melhor, espero o pior, mas aceito de ânimo igual aquilo que o destino me tiver reservado."

...um xicoração sincero!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Raul
Projectas o melhor e é para o melhor que deves caminhar.Nenhuma doença é pior que o desânimo.

Este texto é excelente e complementa o anterior. Efectivamente, e por algum motivo é, há cada vez mais casos de portadores de HIV entre pessoas com mais de 65anos.

Um abraço

Isabel-F. disse...

Raul,

Este post vem complementar um outro sobre o mesmo tema que tu havias escrito ....

Acredita que não tinha noção que houvesse cada vez mais infecções com o HIV nesta faixa etária ...

Vi pelo teu comentário que não tens estado bem ... espero que tudo se resolva ... fica um beijinho solidário e amigo ...

e que tenhas FORÇA ... que eu sei que tens ...

Louise disse...

Realmente este post é um bom complemento ao anterior e faz uma chamada de atenção de grande importância para o facto de haver, entre os mais velhos, um aumento significativo de casos de HIV.
Raul, espero que estejas a recuperar em força.
Um beijão

Odele Souza disse...

Querido amigo Raul,
Obrigada por mais um texto de qualidade que nos coloca à disposição. E que tenhas tu também disposição para continuar por aqui a nos cativar com teus conhecimentos e com tua simpatia.
Quando digo "a nos cativar" é para que tenhas a certeza de que não despertas admiração e simpatia só em mim, ou na Fatyly, na Isabel, no Peciscas, no Adesenhar..... mas em tantas outras pessoas que têm em ti uma referência de informação sobre a SIDA/HIV além da força de um ser humano. Um ser humano encantador. És tu Raul.

Põem-te em pé. Ânimo, Coragem!

Um beijo.

O Guardião disse...

Continuo a ler com atenção os textos aqui postados, elucidativos e bastante claros.
Pelo que percebi a saúde não está no seu melhor, pelo que deixo aqui os meus sinceros desejos de melhoras.
Cumps

aDesenhar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
aDesenhar disse...

vivam os jovens velhos

vivam os velhos jovens.
:-)
abraço a todos os Sidablogueiros

amigona avó e a neta princesa disse...

Um abraço solidário...estamos à tua espera...

René disse...

Raul, amigão
Começo por fazer minhas as palavras de Odele Souza no que se refere a ti.
Quanto ao texto além de toda a pertinência, complementa o anterior.
No entanto, e como já referi no Sol Poente, o conceito de velho tem que ser repensado.
Velho é para mim qualquer pessoa, em qualquer idade, que deixou de evoluir e de aprender.

Mary disse...

É um bom artigo que vem na sequência do que li anteriormente.
As melhoras do Raul

Brancamar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Brancamar disse...

Este texto de Ana Carvalheira completa muito bem o anterior sobre a sexualidade dos idosos e vem ao encontro de um outro que escreveste, muito interessante, sobre o mesmo tema, que já havias publicado há algum tempo aqui para tràs.
Como já tinha dito na altura ainda bem que se fala deste tema-tabu. Já desenvolvi tudo o que pensava sobre o assunto em comentários anteriores.
Os artigos aqui publicados são sempre portadores de informação muito importante e pertinente.
Desejo-te as melhoras e espero boas notícias no fim de semana.
Muitos beijinhos