Os testes rápidos ao HIV nos CAD

Hoje tive de acompanhar alguém ao CAD da Lapa para fazer o teste ao HIV.
São os testes anónimos, e que qualquer cidadão pode fazer sem que lhe seja pedido qualquer tipo de identificação ou numero de beneficiário da segurança social.
Como Sidadão e ao mesmo tempo cidadão achei que também tinha direito a fazer o teste e que não era por o fazer que ia desperdiçar recursos que poderiam ser utilizados em outras pessoas, pois o dinheiro despendido no meu teste iria ser muito útil na informação que eu poderia transmitir a outros através do meu testemunho.
Ao dizer que queria fazer o teste á funcionária administrativa ela entregou-me uma rodela com um número e pediu-me para aguardar. Ao chegar ao meu numero entrei para um gabinete onde uma psicóloga me deu informações sobre o HIV como pode acontecer a infecção e que há tratamento se na pior das hipóteses o teste der positivo. Gostei da abordagem e da maneira como explicam as bases sobre a infecção HIV. Preencheu um questionário sem dados pessoais apenas para a estatística interna, tipo idade, se já tinha feito testes antes, orientação sexual e parceiras sexuais que já tinha tido. Uma folha de papel onde ia aparecer o resultado dos testes e umas etiquetas com código de barras que iriam identificar o teste, sem nomes sem números de segurança social enfim completamente anónimo. Fui fazer o teste, um kit descartável, com um disparador que dá uma picadinha no dedo tipo o picar de um alfinete, um tubinho parecido aos termómetro antigos mas mais fino e uma tira com material sensível que reage á presença de anticorpos e ao Ag P24. Um penso rápido no dedo, que era quase desnecessário pois a picada é mínima e pediram-me para aguardar cerca de meia hora tempo que levava para que houvesse reacção.
Como disse anteriormente fui acompanhar uma pessoa. Enquanto esperávamos perguntei-lhe se estava ansioso e preocupado a resposta foi que sim, nunca se sabia qual podia ser o resultado. Tentei acalmá-lo e dizer que mesmo no caso de o teste ser positivo não era o fim do mundo que há tratamentos blá blá blá.
O tempo foi passando e a pessoa com quem fui ,depois de ter sido chamada para saber o resultado saiu do gabinete a sorrir pois o teste deu negativo. A seguir fui eu chamado e sai do gabinete também a sorrir, já sabia o resultado antecipadamente e disse-o á psicóloga para evitar ter de fazer uma colheita para fazerem outros testes pois isso sim seria desperdiçar recursos. Pensei que se o meu teste desse não reactivo iria sair de lá com uma cara bem triste e ficaria desapontado com este tipo de testes.
O teste rápido pesquisa os anticorpos e também o ag P24 proteína que dá de uma maneira mais eficaz o resultado da presença do vírus no nosso organismo. Se tem dúvidas vá a um CAD, o teste é gratuito, rápido, eficaz ,não dói nada e é anónimo. Decida-se pois pode ser importante para a sua saúde e para a dos outros com quem possa vir a ter relações sexuais. Faça o Teste ao HIV

4 comentários:

Deva disse...

Bom Natal, caralho foda-se!

alkapone disse...

ok bom natal e happy new year CARALHO FODA_SE

Deva disse...

:)))))))))))))))))

Nether disse...

eu também fiz lá semana passada, mas tipo eu já fiz anlises mesmo geral já sabia que eu nao tinha nada disso, ma sabe quando vc pensa oque acntece com os outros pode nos acontecer, eu fiz como tou gravida sou casada fiz na lapa, achei eficaz e util, sou casada claro meu marido é sussegado, mas enfim tou gravida, é bom fazer sempre, e se cuidar nao só com sexo, os solteiros ou os casados que traem a mulher, mas até mesmo na manicure ao fazer as unhas e tal, boa sorte galera!