SEM TITULO PARA 2009


Meio adormecido ainda pelo natal que já passou o país prepara-se para festejar a entrada do novo ano.
Este ano acho que há duas razões muito especiais para festejar ou seja festejar este ano de tormentos e pesadelos ter enfim acabado e festejar o renascer de um novo espírito durante o novo ano ou então será o fim.
Uma opinião muito pessoal, que não a posso alargar à generalidade do povo português pois não estou mandatado para tal.
Os blogues estão meio de férias, e com os patrocínios que recebemos temos a equipe espalhada, uns em praias tropicais do sul, apanhando sol, outros fora cá dentro. Alguém em Cuba outro em Londres e uma e um mais sofisticados no Tibete a obterem desenvolvimento espiritual entre os monges.
Ainda faltam alguns dias para cumprir o ano e ainda há tanto para fazer. Parece que se quer fazer tudo em 4 dias o que não se fez num ano inteiro. Resta o provarmos a nós mesmos que o que fizemos valeu a pena ou então dar a mão à palmatória e reconhecermos que não cumprimos os nossos objectivos.
Será o último texto de 2008 neste blogue, aguardamos 2009 para recomeçar de novo. O Sidadania Dois, que tem um post lindíssimo da Lidia, vai se calhar entrar com um texto de tema livre da Lidia. Ela escreve muito bem e rápido e eu adoro pregar-lhe estas partidinhas do tipo tens de escrever um texto sobre isto ou aquilo para publicar dentro de duas horas. O certo é que ela surpreende-me e faz isso por mim. É uma das funcionárias que merece cada cêntimo que lhe pagamos e pensamos aumentar-lhe o ordenado em 100%. Sou um director de redacção tirano, mas muito generoso.
A nossa correspondente em Paris (de vez em quando) está a preparar qualquer coisa para o Haart ainda não sei exactamente o que é, mas estou certo que será uma leitura de sentires revelada nas metáforas da sua escrita. Gosto de a ler embora ela ultimamente ande numa crise existencial em relação à vontade de escrever. Sente-se inibida por não sentir o HAART um espaço seu . O seu cantinho pessoal.
Acho que quando essa barreira inibidora cair vamos adorar ainda mais este espaço.
Falta actualizar o Memória . Desse não sei nada, está a cargo do Paulo. Como ele está numa ilha tropical, com sol calor e boa fruta, não sei se terá tempo para escrever alguma coisa.
O Memória não são só textos a lembrar o passado, pode ter textos novos originais. Não sei se no lugar onde está gozando umas merecidas férias, que decidimos oferecer-lhe, ele terá internet. Como sou complicado de escrita escrevo um longo texto cujo objectivo podia ser descrito em menos de meia dúzia de palavras mas que acabam por ser sempre mais:
A EQUIPE SIDADANIA DESEJA A TODOS OS SEUS LEITORES E AMIGOS UM FELIZ E PRÓSPERO 2009

18 comentários:

Fatyly disse...

Um texto bem disposto e a meu ver nos vossos/nossos blogues o balanço de 2008 acusa um saldo super positivo, mas tu vê lá não mostres ao Teixeirinha porque levas com mais impostos:)))

Retribuo em dobro e como bom patrão que és mandaste o teu pessoal de férias:)

Um abraço meu amigo e força!

Biby disse...

Votos de um feliz 2009 para toda a equipa do Sidadania.
Em resposta ao comentário do post anterior. Se em 2009 precisares de mais uma colaborada para o Sidadania podes sempre contar com a "quase-MESTRA".
Beijinhos

Arnaldo Reis Trindade disse...

Raul,

pra ti e pra todo o pessoal do Sidadania, venho desde já agradecer pela amizade que conquistamos este ano e desejar para vocês um ano novo ainda melhor.

Abraços

sideny disse...

raul
o teu pessoal farta-se de viajar.
ja sabes que so para o ano e que voltam dessas merecidas ferias.
um no calor , ha como deve estar otimo la, ja tenho saudade do calor.
a ti e aos restantes viajantes um bom ano de 2009.
e que para o ano seja muito mas muito melhor que este que vai acabar.
beijocas

M. disse...

Querido Director

Sobre a correspondente do Haart, acho que acertou apenas na parte de Paris,o resto é falácia. As crises existenciais da moça devem-se a assuntos mais profundos que nem em árabe se decifram e não a inibições por falta de um tecto onde escrever. O Haart nunca poderia ser um espaço pessoal: é de partilha e de partilha deverá continuar a ser. É como ter os próprios filhos e criar filhos de outros, por muito que se amem existe sempre o sentimento de não serem criação do próprio sangue.

Querido Director, deixe-me contudo dizer-lhe que não há outra casa como esta, onde toda a gente, incluindo os invisíveis tem uma tarefa à medida da sua força. Se calhar, alguns visitantes ficam surpeendidos com o ambiente jovial que aqui reina e gostariam de entrar nele mas não conseguem. Aqui onde se une um ideal de partilha. Aqui onde o verbo amar não envelhece. De vez em quando convém pintar as paredes e colocar mais umas prateleiras, um gerador para a luz nunca se apagar, provas de como a casa está sempre a crescer como edíficio alicerçado, não de pensamentos mas de experiências e de reflexão, de ideias novas e esclarecedoras, do reconhecimento de coisas que se julgavam como certas quando eram erradas e depois de tantas contradições e obstáculos acaba-se a instilar cada vez mais humanidade.

"antes de ires, diz-me o que sabes"... e damo-nos conta de que tudo se resume a ... tanto. É desta massa que o Sidadania é feito.

A todos desejo um final espectacular e um recomeço estrondoso. Que descubram num mundo caótico a sua forma de viver e nela sejam sempre felizes.
3
2
1

Querido Director, para si os Votos sao Especiais, com beijos, abraços e a concretização de sonhos quer os doces, quer os apimentados, etc, etc..

De Paris, com Amor

Brancamar disse...

Olá Raul,

Adorei o teu texto, bem humorado.
É verdade, os blogues parecem estar de férias, mas olha que o meu anda muito paradito por todos os motivos menos os de férias, mais por excesso de trabalho, mas isso não é desculpa para não vir cá mais vezes. Aliás vim várias vezes ao post anterior e acho que não cheguei a comentar, foi assim uma leitura entre horas profisionais, noites que não pude fazer no computador por ter familiares idosos em casa nestas fárias de Natal e outras coisas mais que não interessam a ninguém.
Depois de desejar que em 2009 realizes os teus sonhos, sobretudo que tenhas muita saúde e que estejas recuperado da última intervenção que fizeste, volto ao post anterior, porque apesar de não ter podido fazê-lo até agora, nunca desisti de o comentar. Acontece que escrevi quase o mesmo por outras palavras em comentários no espaço de outros dois amigos com posts idênticos.
O Natal diz-me muito por um lado, nasci muito perto dessa data, é tempo de me reunir com a família, mas também é noutras alturas do ano, festeja-se o nascimento de um gramde Homem que revolucionou todas as mentalidades, mas cujos ensinamentos e princípios muitos se esquecem de praticar. Por outro lado sinto o mesmo que tu, é uma época de grandes contradições, como vai ser o final de ano. O que deveria ser feito com tranquilidade, torna-se stressante, mandam-se votos a correr, às toneladas, quase por obrigação, sem sentimento, porque tem que ser, porque é Natal, não faz sentido, o mesmo acontece com as prendas. Nestes dias procuro sair o menos possível para locais de comércio, recuso-me a entrar em grandes superfícies por isso mesmo, pela falta de tranquilade que existe à nossa volta. Entretanto já toda a gente se esqueceu da caridadezinha de dois ou três dias, já nem se fala nela e vão novamente esvanjar-se no final do ano, embora não em prendas, mas em festas e novamente em manjares com toneladas de calorias para deitar fora, milhares de recursos que poderiam resolver muitos outros problemas.
As contradições desta época são tão gritantes que o Presidente da Instituição onde trabalho, que é pública e enorme, com departamentos espalhados por todo o Norte e parte do centro, ofereceu um gigantesco jantar de Natal a todos os funcionários numa Quinta caríssima, daquelas que estão disponíveis para grandes eventos, para ser verdadeira ofereceu no ano anterior, este ano cobrou o preço simbólico de € 5,para garantir dizem que os inscritos não faltassem. E no final de um jantar destes onde se gastou de certeza uma avultadíssima importância (cobrada aos contribuintes, a todos nós) dizem que fez o discurso de que o ano de 2009 iria ser o nosso pior ano. Queres maior contradição?
Será possível entender as cabeças que encabeçam as nossas Instituições? E esta é uma Instituição de saúde, a que coordena todas as outras.
É triste, mas é a sociedade que temos e o que mais podemos fazer em 2009 é lutar contra isso, a subversão volta a ser necessária e premente, lutar, lutar por um mundo mais verdadeiro e melhor, para que os nossos filhos possam ter futuro, para que não se sintam mal, como já é frequente sentirem-se.
Beijo grande, fica bem.
Tudo de bom para ti.
Branca

Tony Madureira disse...

Olá,

Estamos na epoca de balanços.


Bom Ano!!


Abraço.

elvira carvalho disse...

Passei para deixar um abraço e desejar que 2009, seja um bom ano para si, que recupere totalmente da cirurgia e que tenha saúde paz amor e tudo o mais que desejar.
Feliz Ano Novo

isabel mendes ferreira disse...

e eu (apenas um eu) agradeço os votos.


e retribuo.


assim.



simples.


simplesmente.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Raul/Paulo/M. e restante família


Nós somos um todo e um todo seremos.Se divergimos logo nos encontramos porque o nosso caminho é o caminho da vida. A vida a que todos temos direito quando acreditamos que as nossas mãos não se devem esconder quando outras se estendem para as apertar.

BOM ANO 2009

mariam disse...

Raul,

foi uma surpresa boa, ter conhecido esta sua casa, parabéns por ser quem é e p'lo génio com que transmite os sentires... obrigada.

um FANTÁSTICO 2009! lhe desejo. e aos restantes colaboradores do SIDADANIA

um abraço e o meu sorriso :)
mariam

amigona avó e a neta princesa disse...

A TODOS um FRATERNO abraço e um BOM ANO de 2009!

f@ disse...

FELIZ ANO NOVO…
Beijinho infinito das nuvens

Tony Madureira disse...

Olá,

Feliz 2009. Tudo de bom!!


Abraço.

Maria Dias disse...

Passando para desejar-lhes um ano novo com muitas vitórias!

Um abraço fraterno da amiga de sempre:

Maria Dias

WOLKENGEDANKEN disse...

E a primeira vez que passo por aqui e acho que é um blog interessantissimo.

O facto é que o SIDA deixou de aparecer nas primeiras paginas com o resultado desastroso que os contagiosos voltaram a aumentar.
Mas o tema deste blog é outro, nao menos importante .... Desejo um excelente 2009 e desejo para mim muita informacao neste blog.

amistosamente

elvira carvalho disse...

Depois de uns dias de ausência, (desta vez foi o pc que foi para o hospital) estou de regresso.
Agradeço-lhe e retribuo os votos de bom 2009.
Um abraço e bom fim de semana

Odele Souza disse...

As pausas são necessárias. Que todos possam ter férias das mais agradáveis.

Um forte abraço.