Atitude




Nem sempre a vida é fácil, e nós por vezes contribuímos para a tornar ainda mais difícil com a nossa inactividade.

Quotidianamente recebemos lições de vida, muitas das quais nos passam despercebidas tão ocupados estamos olhando para o nosso umbigo, ou lamentando-nos dos nossos problemas, que em vez de nos libertarmos nos afundamos cada vez mais não vendo saída, o que poderia acontecer caso investíssemos esforço na resolução dos nossos problemas.

Os exemplos vêm de todo o lado e no caso do vídeo que inicia este texto, podem ser dados por uma criança. O medo do ridículo impede-nos de agir e entrava as nossas acções. Uma criança tentando remover uma enorme árvore que barrava o caminho é missão impossível, mas o seu esforço não foi inútil pois uma onda de solidariedade gerou-se à volta do seu esforço e o problema foi resolvido.

Quantas vezes sendo incapazes de resolver os nossos problemas não aceitamos a ajuda que nos dão por pensarmos que a mesma não chega para a solução deste ou daquele problema. Certo é que somos exigentes connosco mesmo até em receber isto ou aquilo só porque habituados a pensar quantitativamente nos esquecemos que uma grande inundação começa com uma gota de água. Queremos tudo de uma vez e na medida certa para satisfazer as nossas necessidades e acabamos por as agravar tornando o nosso sofrimento cada vez maior.

Na altura em que fiquei infectado pelo HIV, o primeiro impacto foi de desespero e os pensamentos negativos acumulavam-se sempre com o fantasma do sofrimento e da morte à minha frente. Via tudo o que tinha a fazer antes de morrer à frente e a sua realização parecia algo inatingível e impossível de realizar. Contudo não desisti e comecei a lutar procurando ajuda, em todo o lado. Houve vozes derrotistas que ignorei não as ouvindo. Procurava os casos de sobrevivência e de sucesso pois era esse o meu objectivo, e a pouco e pouco fui-me libertando dos fantasmas que me tolhiam os movimentos.
Consegui libertar-me daquilo que me preocupava e seguir em frente. Uma vitória que me deveria incentivar a prosseguir com coragem noutras batalhas e noutros desafios da vida, mas o certo é que à semelhança de tantos outros companheiros não tenho aquela força que nos faz seguir em frente e derrubar montanhas. Se por um lado me regozijo com as coisas passadas nas quais tive sucesso, por outro lado sinto o desânimo e a falta de coragem para seguir em frente face aos múltiplos obstáculos que vão surgindo. Não adianta tentar dar força aos outros, quando nós não temos força para saltar a nossa própria barricada.
Talvez fosse por isso mesmo que este vídeo teve tanto impacto em mim e o decidi partilhar com vocês. É preciso tomarmos uma atitude e iniciar uma acção mesmo que de inicio pareça que estamos tendo um esforço inútil. É necessário sermos surdos às vozes dos amigos da desgraça e à daqueles que nada fazendo apenas se limitam a aproveitar o esforço alheio.
Existem soluções e caminhos para tudo na vida. Cada um terá de descobrir qual a solução que se ajusta ao seu caso e o caminho a seguir. Poderemos receber indicações deste ou daquele para a solução de um problema, mas não podemos esperar tranquilamente que todos os dias apareçam putos como o do filme a mobilizarem vontades e forças para retirarem as árvores do nosso caminho. Teremos de ser nós a iniciar o processo de remoção da árvore que nos barra o caminho. Com a ajuda de muitos o obstáculo será removido e todos passarão por esse caminho aberto, mas não podemos esperar sempre que sejam os outros a abrir o caminho para nós.

19 comentários:

f@ disse...

Infinitos caminhos e carreiros a percorrer... nos levam a lugares surpreendentes ...
... Raramente as árvores são obstáculos ... podemos subir e escolher os galhos ... e deles saltar voar....
beijinhos das nuvens

Fatyly disse...

Não podias redigir melhores palavras para a mensagem do video e o que dizes não é só para quem é portador do virús, mas de todos os que são portadores dos milhões de virús que diariamente nos afectam, nos prejudicam, nos toldam as ideias, uns mais que outros, mas a fragilização emocional e física faz parte do ser humano.
O que me dói a mim, para ti poderá ser uma "caquinha" ou vice-versa...mas dar espaço, compreender e ajudar numa de dar a mão e escutar em silêncio sem desprezo e desvalorização será benéfico para quem dá e para quem recebe.
e dizes que:

"Se por um lado me regozijo com as coisas passadas nas quais tive sucesso, por outro lado sinto o desânimo e a falta de coragem para seguir em frente face aos múltiplos obstáculos que vão surgindo. Não adianta tentar dar força aos outros, quando nós não temos força para saltar a nossa própria barricada."

não adianta mesmo porque nunca devemos esparar sentados e ir à luta.

Um abraço enorme e acredita que todos sem excepção passam por momentos menos bons!

Deusa Odoyá disse...

Olá meu novo e estimado amigo.
Nunca devemos esperar soluções que venham do acaso.
Devemos enfrenta as lutas sim e sairmos vencedores.
Basta cremos nessa força que vem dentro do nosso .
Uma energia tão poderoso que Chamamos de FÈ.
Gostei de conhecer seu blog, voltarei mais vezes.


Regina Coeli.

Te aguardo em meu cantinho.

Paulo disse...

Raúl

Não pude deixar de comentar este post, apesar de entre nós, colaboradores do Grupo de Blogues Sidadania, podermos falar pessoalmente acerca do que publicamos.

Achei fantátisto o tema que nos trouxeste aqui.

Vens falar-nos de atitude, de solidariedade, de união, capaz de mover montanhas e até DE MUDAR O MUNDO.

Foste capaz, através da tua ATITUDE de mudar o meu mundo aquando da notícia da minha seropositividade.

Foste capaz de me erguer e de ajudar a erguer todos aqueles que em ti procuraram uma referência de apoio na busca incessante em superar os fantasmas da infecção.

Foste e és determinado.

Foste e és um amigo.

Incutes ATITUDE em todos aqueles, que por serem válidos, podem ajudar o próximo.

Elevaste o altruísmo ao seu mais alto sentido prático.

No terreno, sei quem és!

E serás capaz também de superar a próxima etapa, pois sabes, que nunca estás só.

Um abraço, de coração para coração.

mundo azul disse...

Com certeza, a ajuda nos virá na medida do nosso esforço...
Sempre que percebemos alguém, querendo crescer, superar obstáculos, a nossa iniciativa é de solidarizar com a causa...

Muito bom o seu texto!

Beijos de luz! Gostei daqui e voltarei...

SILÊNCIO CULPADO disse...

Um vídeo esplêndido, Raul, tal como o texto que o acompanha.
Estou aqui contigo para ajudar a empurrar a árvore que barra o teu caminho e sei que ao faze-lo ficarei mais forte e mais próxima de quem caminha.
Isso melhora-me como pessoa e isso aprendi contigo. Antes de te conhecer pouco sabia sobre o HIV mas agora sinto-o na pele embora felizmente não o tenha. E sinto-o porque tu e o Paulo fazem parte daquele núcleo de amigos sem os quais somos vazio e nada.

Obrigada por tudo.

Beijos

sideny disse...

raul
Ca estou para te dar força tambem.
e ajudar a empurar essa arvore,
Não estas so na proxima etapa,nos todos te ajudamos.
força raul, vais conseguir.
beijocas, tudo de bom para ti.

M. disse...

:)))
Raul! aquele menino és tuuuuuuuuu!!!

eu sou um dos trausentes que ali passou e resolveu ajudar a empurrar quem tanto me ensinou.

beijo do tamanho do mundo

Biby disse...

Olá Raul!
este video espelha a famoso frase "a união faz a força" Sozinhos podemos ser um grãos de areia, mas podemos fazer a diferença neste enorme areal que é a humanidade....
Esta semana tive a prova de que quando tudo corre mal por vezes aparece uma luz no fundo do tunel, uma amiga ligou-me a avisar que a Abraço do Norte esta a procurar psicologos na area da SIDA. Quem sabe não é desta que a sorte me sorri!
Beijinhos e Bom fim de semana para todos!

R. Rudoisxis disse...

F@
As árvores não são obstáculos quando de pé, mesmo que mortas. Quando caem é o desistir e o voltar à terra para se decomporem e tornarem-se parte integrante da biosfera, iniciando um novo ciclo de vida na sua transformação.
Ainda não tinha tido oportunidade de te agradecer as telas que foram recebidas em perfeitas condições e que "au naturelle" são ainda mais lindas com umas cores maravilhosas.
Um dia destes temos de nos encontrar e eu irei ao teu encontro, na terra e sem nuvens com um sol radiante. Beijo enormeee

R. Rudoisxis disse...

Fatyly
É a vida no seu caminhar em que o cisco no olho do vizinho em nada nos incomoda, contudo lembra-me em miudo que quando um grão de areia se metia na vista de um de nós os outros sopravam com força e o grão de areia sumia e continuávamos brincando. Pena que em adultos tantas e tantas vezes nos esquecemos de dar o sopro que pode ajudar o nosso próximo.
E a vida continua numa amálgama de dores e de pesares esperando o sopro que faz a diferença mostrando-nos o sol da vida.

R. Rudoisxis disse...

Deusa Odoya
Qual Orixá saído das àguas ,vieste tu musa encantar-me com a tua beleza e com a leveza das tuas palavras. Sentires renovados nascidos das cinzas e espalhados pelo vento sobre as àguas dos mares da vida.
O gosto é reciproco e a tua visita sempre desejada.Estar contigo é bom e conforta-me a alma, não te perderei jamais agora que te encontrei e depois do maravilhoso banho de cachoeira que me proporcionaste.

R. Rudoisxis disse...

Paulo
Não fui eu que te levantei mas tu mesmo.Cada um ergue-se a ele próprio, eu apenas indico o caminho e posso ajudar a remover uma ou outra pedrita. A verdadeira força está em cada um de nós.
O bom de tudo isto é que embora desejasse do fundo da minha alma que o HIV saisse de ti, de mim e de todos os infectados,é que devo estar agradecido à Sida por ter sido ela que fez com que os nossos caminhos se cruzassem e encontrasse um ser tão maravilhoso como tu.
Um abração

R. Rudoisxis disse...

Mundo Azul
Volta sempre, pois gostamos de te ter por cá e também por termos conhecido o azul do teu mundo.
Beijos, mas a uma velocidade infinitamente mais pequena do que a da luz, pois de tão suaves que são quero que esses beijos durem por toda a eternidade.

R. Rudoisxis disse...

Lidia
A força que possa ter, é devida em muito a ter-te dentro de mim junto do meu coração.
Ele vai parar por algumas horas,mas depois voltará a pulsar de novo.Enquanto estiver fora deste mundo cuida do blogue e dos que nos são queridos. Sei que estarás sempre ao meu lado assim como eu estou junto de ti.
Um beijo grande numa altura em que sou um vidrinho fragilizado pela incerteza do amanhã.

R. Rudoisxis disse...

Sideny
Obrigado pela tua amizade de anos e pelo teu companheirismo. Ai vais ajudar pois... :) Um beijo grande e muita força no teu caminhar.

R. Rudoisxis disse...

M.
Perdido nesse beijo enorme, procuro pousar para te encontrar.
Esvoaço pelos céus onde me levas mas certo que encontrarei um espaço livre onde possa aterrar sem
partir a maquineta voadora. Estragas-me com mimos,mas gosto de ficar estragado :)
Beijão

R. Rudoisxis disse...

Biby
Acima de tudo espero que o teu Abraço seja à "Causa".
A sorte vem quando pomos toda a nossa energia e todo o nosso esforço naquilo que fazemos.
Desejo-te toda a felicidade do mundo e que encontres sempre força para remover as pedras e os obstáculos que encontrares no teu caminho.
Um majestoso rio começa sempre por um humilde regato,que ao o vermos nunca pensamos naquilo que se pode tornar.
Há tanto a fazer na tua area que nem sei se imaginas aquilo que vais encontrar pela frente, mas tenho a certeza que encontrarás a felicidade quando vires que a semente que regas-te se transformou numa àrvore e te deliciares com os seus frutos.
Beijos menina das bonecas :)

a r o x a disse...

simplesmente F A B U L O S O !

mt mt obg ;)