Promissor Microbicida anti-HIV

Já aqui falámos várias vezes em microbicidas, com vista a proteger a infecção pelo HIV.
Agora apareceu algo promissor em forma de gel vaginal, que parece que está a ter sucesso.
Contudo é complicado antes do desenvolvimento completo do produto e da sua introdução no mercado, lançarmos foguetes antes da festa pois já estamos habituados a que de um momento para o outro a investigação pare e volte tudo à estaca zero.
São os constantes avanços e recuos da ciência, e a grande vontade de pôr a maquinaria de marketing em funcionamento para caso o produto venha a revelar-se eficaz seja um sucesso de vendas.
A utilidade de informar sobre as pesquisas, é interessante pois vai fazer uma análise do mercado e consequentemente forçar os investidores a abrirem os cordões à bolsa para maior investigação nesse campo.
Este microbicida tem na sua composição o Tenofovir, um medicamento aprovado e que é utilizado no tratamento da infecção pelo HIV, e tem-se mostrado eficaz quando aplicado diariamente via vaginal em mulheres sero negativas e sexualmente activas. As conclusões sobre este estudo que faz parte de um ensaio clínico em fase II, estão a ser apresentados na conferência internacional sobre microbicidas, que acaba hoje em Nova Deli na Índia.
Os dados apresentados, pela primeira vez na história dos microbicidas como um meio para evitar a proliferação do HIV, abrem uma porta de esperança ao desenvolvimento deste meio como forma de fazer descer as taxas de infecção em mulheres sexualmente activas.
À escala mundial cerca de metade das pessoas que vivem com o HIV/SIDA, são mulheres e em 70/90% dos casos a infecção teve origem em relações heterossexuais com penetração. Em muitas partes do mundo mulheres casadas ou com parceiros estáveis correm grandes riscos de serem infectadas.
Neste estudo os investigadores querem saber se a aplicação do gel diariamente é eficaz em comparação com o uso do gel antes de cada acto sexual, e existem evidências que ambos os procedimentos são seguros.
Vamos aguardar o desenvolvimento dos estudos, e se o uso continuado do gel pode levar ao desenvolvimento de resistências, as quais terão o efeito de retirar as suas propriedades no combate a novas infecções.
É comum na história do desenvolvimento dos medicamentos retro virais, medicamentos que parecem promissores de um momento para o outro serem considerados mais um fiasco.
A ciência é feita de avanços e recuos. A nós cabe-nos a esperança de esperar que um dia apareça a solução para este grave problema mundial.

16 comentários:

Isabel-F. disse...

Uma boa notícia Raul...

Oxalá vá para a frente e tenha "pernas para andar" ....

beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

Raul
É uma boa noticia e, naturalmente, uma esperança. Oxalá se concretize.
Um abraço

♥Coragem disse...

Raul, fico feliz com a evolução da ciencia e o que ela tras de benefico à humanidade...
Seria ignorancia minha perguntar...
Será que, quem não usa um preservativo, se irá dar ao trabalho de colocar um gel diariamente?
Espero que sim, que tambem seja o comportamento humano a evoluir não só a ciencia.
Beijinho

f@ disse...

É uma optima noticia .. mas ainda assim é urgente que a ciência seja + breve e os seres humanos tb. beijinhos

Raul disse...

Coragem
muitas vezes o não uso do preservativo é devido a em certas culturas o homem o rejeitar e negar-se a usá-lo.
aqui a mulher tem a oportunidade de se defender aplicando o microbicida anti HIV dentro da sua vagina sem que o homem note. Mesmo em trabalhadoras sexuais em Africa e não só os homens rejeitam usar o preservativo e isso é uma questão cultural.Um microbicida eficaz contra a infecção pelo HIV seria um passo de gigante em questão de prevenção.
Bjs

Carol disse...

Esse microbicida seria uma excelente notícia. Espero que se concretize muito em breve e que as mulheres se defendam cada vez mais e melhor.
Obrigada por nos daresconta destes avanços e recuos da ciência.

Odele Souza disse...

Ainda acho que as pesquisas andam muito lentamente em todas as áreas da ciência. E muitas pessoas precisam de resultados imediatos. Pra ontem. Mas claro, tenhamos esperança. É o que nos move.

Um abraço querido Raul.

aDesenhar disse...

votos para que passe de promessa
à prática corrente e com resultados positivos.
:-)

raul
retribuo o teu comentário no meu blog
"Que saudades eu tenho, de olhar o céu sem a poluição luminosa das grandes cidades."
...
estás convidado a ver o céu estrelado
no cabeçalho do meu blog.
:-)
abraço
e saude
raul e Ru2x

Isabel-F. disse...

passei para te desejar um bom fim de semana ... com o seu estrelado ...


beijinhos

Betty Branco Martins disse...

olá__________________Raul




espero que realmente______aquele______o contecer da______solução



esta doença______tão imcompreendida____________só porque as pessoas




não_____querem ser esclarecidas



que a esperança não se perca_______________________________jamais____...







beijo c/ muitO carinhO

Olá!! disse...

Ontem distribui prémios por todos os blogs que tenho linkados, é o teu caso... ;)))
Beijosssssssss e bom fim de semana

SILÊNCIO CULPADO disse...

Olá_______ Raul.

Silvia Madureira disse...

Sempre que por aqui passo...excelente informação...passo a ficar mais culta...

Sinceramente..que o mundo possa pular e avançar...com a ajuda dos cientistas...

Vamos acreditar que estamos no bom caminho!

beijo

amigona avó e a neta princesa disse...

Meu querido Raul a net anda a pregar-me a partida e por isso ando ausente! Se o meu comentário ficar deixo-te um abraço apertado...logo, logo voltarei...tenho muito para ler...

António de Almeida disse...

-Ninguém tenha a menor dúvida, que toda uma industria procura o desenvolvimento de novas gerações de medicamentos, mais eficazes, e que cada sucesso representará a subida do valor das acções imediatamente. Poderá parecer desumano, mas foi assim com a tuberculose, a poliomealite, será assim com o cancro, com o HIV, e com outras doenças que após estas deixarem de constituir problema, talvez lá para meados do século, não tenhamos dúvidas, outras aparecerão. Nunca viveremos felizes para sempre, é a eterna busca do Homem pelo avanço, pela perfeição, que nos trouxe até aqui. Mas cada avanço, é alguém que vê melhorar a sua vida, porque atrás dos números, existem sempre pessoas. Cumprimentos.

Fatyly disse...

É isso a ciência é feita de avanços e recuos e apesar de tão criticados porque a humanidade quer sempre resultados para ontem esta é uma boa notícia. Mesmo que venha a ser posta em prática, em muitos povos, culturalmente será ZERO porque hoje não usam o preservativo e os filhos gerados nos meios que se sabe, sendo a nova geração terão eles armas/hábitos para mudar a mentalidade?

Coragem e acredito que estamos a um passo para a cura dessa epidemia.

Beijocas e um bom fim de semana