Preservativo Feminino



Na minha iniciação como bloguista, dentro de um site dedicado à sida, iniciei um estudo dedicado á promoção do preservativo feminino, pois sendo ele aceite como uma barreira eficaz na prevenção da infecção pelo HIV é mais uma arma que dispomos na prevenção e luta contra a sida e contra outras DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis) que hoje em dia não podemos ignorar.
O Blogue foi fechado, sem que qualquer justificação aceitável me fosse dada, e como tenho o péssimo hábito de não guardar aquilo que escrevo, não posso publicar aquilo que escrevi e não guardei. Ficou o know-how sobre o assunto, e possivelmente o que vou escrever agora vai ser muito melhor, pois na altura não tinha experiência de uso do mesmo e agora tenho.
Sei que havia (há?) um estudo sobre este preservativo por parte creio mesmo do comissariado de luta contra a sida, com vista ao mesmo ser introduzido no mercado em quantidades semelhantes ao do preservativo masculino.
Pessoalmente sou fã deste novo modelo de preservativo, pela liberdade que dá numa relação hetero sexual , em que os preliminares fazem parte do ritual de colocação do mesmo, e durante a qual é comum se for bem trabalhada que mesmo antes da relação sexual propriamente dita (penetração) a mulher já tenha sentido um ou mais orgasmos.
É algo novo a experimentar, tem a vantagem de nos proteger da bicharada e é certamente um “must” para aqueles que adoram fantasias como vaginas e pénis de gel, para além do famoso strapon e outros fetiches que completam as fantasias de cada um.
Tem a vantagem de poder ser colocado até 8 horas antes de uma relação sexual, o que é extremamente útil naquelas rapidinhas nos cacifes de prova de roupas nos super mercados ou no armazém do papel lá no escritório, e mais não digo para não correr o risco de me chamarem depravado sexual.
“É muito importante praticar como se insere antes de ter relações sexuais. Relaxe. Familiarize-se com o formato diferente e com sua aparência depois de colocado. Veja como parte do preservativo fica para fora da vagina quando colocado.”
Isto é informação técnica, mas que constitui a verdadeira maravilha do preservativo feminino. É aqui que ele actua como fetiche e onde os preliminares são iniciados, e quase sempre excedidos .... pratique, pratique e continue a praticar, vá sentindo, apalpando e deslocando os dedos para os locais que mais a excitem.
Embora possa parecer, não estou a encorajar a masturbação feminina. Quando a inserção é feita pelo homem, ele aprende onde realmente estão os pontos mais sensíveis da companheira e isto cala a boca ás gajas que passam a vida a dizer que não sabemos onde mexer exactamente, portanto vamos praticando...praticando...praticando.
Fica uma fotografia ilustrativa de como é o preservativo feminino. Se achar que é importante e se houver demanda para mais informações poderei eventualmente escrever um ou mais posts de caracter mais técnico .
Entretanto pratiquem...e voltem a praticar, vão fazendo festinhas na cabeça do HIV, mas não abusem que o bicho não é de confiança e pode morder.

4 comentários:

Anónimo disse...

Gargalhadas.... eu que sou A interessada, desconhecia! Tanto que existisse, como a forma de colocar!

Achas mesmo que dá para ELES aprenderem essas coisas???? risos...

OBRIGADO
rosario

Ru2x disse...

Claro que dá :), vocês queixam-se, queixam-se mas.... cala-te boca.
Jinhos

Deva disse...

Uma gaja(que não eu) já tem que tomar a merda da pílula, pq caraças(leia-se caralho) os gajos não hão-de meter a porra de um preservativo na pila?
É prático aquela coisa ser posta oito horas antes por causa das rapidinhas? Estás tu a insinuar que uma gaja ande, constantemente, com um saco plastico enfiado na vagina(para não dizer outro termo) à espera que lhe apareça a oportunidade de ter uma rapidinha?
Na verdade, do que sou verdadeiramente adepta é da pílula masculina, apesar de não proteger do bichinho mas, para isso, as meninas que exijam testes aos parceiros sexuais, ou vice-versa. Os esporádicos (só pus um r mas com os dois tb faz sentido) pois lá terão que usar preservativo (faças como eu digo, não faças como eu faço :)

Ru2x disse...

Olha lá...que mal tem andar com um saco de plástico enfiado dentro da c....(carteira?.Vocês não usam os tampões e outras coisas que a minha cultura masculina não sabe muito bem? Afinal vocês gostam mesmo é de enfiar coisas dentro e isso é notório, quando nos pedem para procurar umas chaves dentro das vossas carteiras.Por acaso nunca me pediram para procurar qualquer coisa noutro lugar também começado por C.
Beijos :)