Plantas no Tratamento do HIV

Embora seja tabu para muita gente, falar do tratamento do HIV com extractos de plantas, estamos num Blog aberto de seropositivos para seropositivos e podemos falar sobre o assunto e de experiências de seropositivos que eventualmente sigam essa linha e queiram dar a sua contribuição.
É um tema arriscado especialmente se os seropositivos, não souberem usar a sua liberdade e quiserem incentivar outros a seguir as suas ideias não dando nenhumas garantias e começarem a promover sites da indústria e ervanária e de medicinas naturais, indústria esta que movimenta muitos milhões de Euros e que á semelhança das Pharmaceuticas o seu objectivo principal são os lucros que não são tão pequenos assim.
Em relação á Hepatite C e outros males do Fígado, á falta de um tratamento eficaz e menos doloroso ,(Actualmente a Hepatite C tem uma percentagem de cura com a administração de interferons e ribavirina) fala-se livremente de alguns produtos naturais, como por exemplo o café como algo que é bom para recuperar este orgão , como tem aparecido na comunicação social e ainda não vi nenhum comentário médico contra.
No que diz respeito ao HIV a coisa torna-se mais complicada e pode levar alguns médicos a um estado de quase histeria. Note-se o HIV não tem cura actualmente, e uma vez contraída a infecção é permanente é para a vida e acho que todos os médicos estão de acordo com esta minha afirmação.
Os medicamentos retrovirais controlam a replicação do vírus, são compostos quimicos extremamente poderosos, são ministrados em grandes doses e são extremamente tóxicos e não fosse saber-se que combatem o vírus e muitos deles não teriam sido aprovados pelas entidades mundiais como a FDA americana e a EMEA europeia.
Os retrovirais têm efeitos secundários, e provocam outras patologias, algumas graves.
Desde a entrada das combinações de 3 medicamentos retrovirais, há cerca de 12 anos o HIV reduziu enormemente a mortalidade devido á SIDA. Os doentes sobrevivem, têm uma qualidade de vida aceitável mas a um custo físico e humano elevado.
No Balanço entre males e benefícios causados pelos retrovirais , os benefícios ganham com larga vantagem.
Qualquer ser humano tem o direito e a liberdade de decidir o que é melhor para si.
O grande problema que existe, é que há pessoas que querem fazer a terapia retroviral aconselhada pelos médicos e ao mesmo tempo querem acrescentar mais umas mesinhas com plantas que têm efeitos curativos para melhorarem o seu sistema imunitário. E isto é o grande perigo e a razão pela qual até hoje defendi a parte médico cientifica que provou e continua a provar que os medicamentos retrovirais são eficazes.
As plantas têm poder curativo, contendo certos compostos químicos que quando usados em simultâneo com os poderosos retrovirais podem ter um efeito “boost” e tornarem-se numa bomba cujo efeito é desconhecido.
A minha pretensão é ouvir testemunhos de pessoas que não tomam retrovirais, que usam medicamentos naturais e que têm seguido a evolução da sua infecção através de testes científicos com os indicadores de Carga viral e contagem de CD4,s.
Usar as terapêuticas retrovirais em simultâneo com a medicina natural, é algo que repudiamos e desaconselhamos vivamente.
Somos livres de escolher o nosso destino, não podemos influenciar ninguém a deixar uma terapêutica e iniciar outra, mas podemos ouvir testemunhos das opções de cada um.
Só exigimos uma regra, vamos falar das nossas experiência pessoais, não vamos armar-nos em salvadores da Pátria e publicitar soluções milagrosas, pois elas não existem em nenhuma das partes.
Irei publicar novos posts de interacções químicas entre produtos usados no fabrico de alguns alimentos para alertar para possíveis perigos, que possam existir para os que querem experimentar tudo em simultâneo na esperança utópica de alcançarem a cura.
O Tema está lançado espero que venha a ser interessante e os vossos comentários são bem vindos.

4 comentários:

Anónimo disse...

Olá, eu e a minha mulher somos seropositivos há mais de uma dècada e entrámos numa aventura...termos um bébé.
Já só falta pouco para o parto, estamos anciosos para o poder abraçar e acarinhar.
Vou dando noticias, gostei do blog raul.
ben/aster

Ru2x disse...

O Blog não é só meu Ben/aster, é vosso também e a vossa experiência como pais seropositivos é algo que gostaria ficasse aqui registada.
Que venha esse menino lindo que eu quero poder brincar com ele.
Daremos neste blog o maior destaque, quando ele se apresentar neste mundo, preparado para viver a sua vida.
Já gostamos de ti "benasterinho"

Anónimo disse...

Parabéns à coragem dos pais... uma feliz chegada ao Benasterinho, com uma "hora pequenina" para a Mãe!

(E parabéns ao Tio, que nos faz assim gostar de quem ainda nem chegou ehhehehe).

rosario

um mundo melhor disse...

ola, eu descobri a6 meses que sou soropositivo, e os retrovirais me fazem muito mau, sou hipertenso e cardiaco, gostaria de saber se existe um medicamento natural para substituir o retroviral e que me faça me sentir bem apos seu uso...